Persistência - Difícil é persistir, é não desistir a cada obstáculo

Difícil é persistir, é não desistir a cada obstáculo. “Quem cultiva o hábito da persistência parece ter um seguro contra o fracasso” Bem sabemos que estas frases motivacionais, só o são quando as nossas hormonas não estão completamente desregradas, quando não nos sentimos emocionalmente frágeis e incapazes de absorver esse positivismo tão ambicionado. 
Estas frases não deixam de ter fortes verdades, mas essa verdade por vezes desconcerta-nos mais que o suposto. Isto prende-se, como a maioria dos desconcertos, a questões emocionais, a padrões de comportamento e padrões de pensamento.
Padrões. Nós temos muitos padrões e nem nos damos conta. É importante explorá-los pois isso levará ao aumento do nosso autoconhecimento. E quando colocamos consciente o inconsciente, capacitamo-nos mais.
A persistência é um estado de espírito e pode ser trabalhada com:
- Precisão de objetivos
- Desejo (Objetivo)
- Autoconfiança
- Planos claros e concretos
- Cooperação
- Conhecimento exato
- Força de vontade
- Hábito

De todos estes factores, qual/quais lhe falta?

Exercício - Encontre os inimigos da sua persistência

Feche os olhos, respire fundo por uns momentos e relaxe.
Preste atenção à lista e analise-a de forma honesta, sem se julgar. Aceite a sua verdade neste momento.
1) Incapacidade de definir objetivamente o que quer
2) Adiamento
3) Falta de interesse em adquirir conhecimentos especializados
4) Indecisão
5) Hábito de recorrer a desculpas como justificação
6) Indiferença
7) Falta de motivação, advinda da fraca presença de motivos que o levaram à acção
8) Fácil desistência aos primeiros sinais de derrota
9) Fraco planeamento
10) Pouca iniciativa e/ou passagem à acção
11) Falta de ambição
12)Procura constante de caminhos mais fáceis para se chegar ao objetivo
13) Medo de crítica

Carolina Trindade, Psicóloga clínica

« voltar